25 dicas de português para não errar mais nas redações

by

25-dicas-de-portugues-para-nao-errar-mais-nas-redações

Produzir uma redação seja para um trabalho da escola (faculdade) ou para uma prova de redação para o vestibular demanda uma série de práticas até alcançar um estilo e uma ortografia maravilhosa. Como geralmente nos preparamos o ano inteiro para brilhar nas provas de redação, resolvi juntar algumas dicas que encontrei sobre como parar de confundir algumas palavras que parecem muito com outras. Como “demais” e “de mais”, “sessão” e “cessão”, dentre outras.

Para que tudo fique ainda mais claro em sua cabeça, resolvi juntar todas elas em uma imagem única para que fosse possa baixar e deixar com você no celular para sempre que estiver com dúvida conferir, sem precisar estar com o wi-fi ou redes móveis ligadas. Curtiram a ideia? Então clique na imagem abaixo para baixar o seu conteúdo de “bolso”. Ou, se preferir, é só adicionar essa página aos seus favoritos do seu navegador.

Baixe aqui: 25 dicas de português

Então, vamos lá!

25 dicas de português para não errar mais nas redações

1. Acidente x incidente: Acidente é um acontecimento infeliz, um desastre. Já incidente se refere a um evento ou acontecimento imprevisto.

2. A fim x afim: A fim significa ‘com o objetivo de’. O adjetivo afim indica ideia de afinidade, semelhança, parentesco.

3. À medida que x na medida em que: À medida que indica ideia de proporção (equivale a ‘à proporção que’). Na medida em que indica ideia de causa, equivalendo a ‘porque, visto que…’.

4. Ao encontro x de encontro: Ao encontro quer dizer ‘em favor de, na direção de’. De encontro significa ‘contra, no sentido contrário, em contradição’.

5. Ao invés de x em vez de: Ao invés de significa ‘ao contrário’, expressão que indica oposição entre dois termos. Em vez de significa ‘em lugar de’.

6. Demais x de mais: Demais significa ‘em demasia, em excesso’, enquanto de mais, escrito separado, quer dizer ‘a mais’, o contrário de ‘de menos’.

7. Dentre x entre: Contração das preposições de + entre, Dentre equivale a ‘do meio de’ e geralmente acompanha verbos que indicam movimento (e que pede a preposição ‘de’, como saltar, partir, sair, surgir…). Nos demais casos, usa-se entre.

6. Descrição x discrição: Descrição é o ato de descrever. Discrição é a qualidade de quem ou do que é discreto.

7. Eminência x iminência: Eminência designa a qualidade daquilo que é eminente, ou seja, alguém ou alguma coisa superior, ilustre ou exemplar. Já iminência refere-se a algo que está prestes a acontecer.

8. Fluir x fruir: Fluir significa escorrer, escoar, passar o tempo, correr em estado fluído. Já fruir significa usufruir, desfrutar, gozar de algo ou de uma situação.

9. Há x a: Para indicar tempo passado, usa-se há. Para indicar tempo futuro, usa-se a.

10. Há menos de x a menos de: Há menos de equivale a ‘faz menos de’ e indica tempo passado. A menos de é usado para indicar distância ou espaço de tempo futuro.

11. Emergir x imergir: Emergir é ‘vir à tona, aparecer, manifestar-se’. Já imergir é o oposto e significa ‘afundar, mergulhar, submergir’.

12. Incipiente x insipiente: Com a letra C significa algo que se inicia, que está no começo, que é principiante. Com a letra S significa ‘que não tem sensatez nem prudência, ignorante, sem juízo’.

13. Infligir x infringir: Infligir refere-se a impor ou aplicar pena, punição. Infringir, por sua vez, é cometer uma infração, violar, transgredir.

14. Ir ao encontro de x ir de encontro a: Ir ao encontro de é ‘ir na direção a, ir a favor de’. Já ir de encontro aé ‘ir contra, chocar-se com, contrariar’.

15. Mal x mau: Mal opõe-se a ‘bem’ e pode ser substantivo ou advérbio. Mau é o contrário de ‘bom’, sendo sempre adjetivo.

16. Mais x mas: Mais é o contrário de ‘menos’. Mas quer dizer ‘porém, todavia, contudo, no entanto, entretanto’.

17. Nenhum x nem um: Nenhum é pronome indefinido, significa ‘nulo, inexistente’. Nem um significa ‘nem sequer um, nem mesmo um’.

18. Onde x aonde: Usa-se onde apenas com referência de lugar. Aonde acompanha verbos de movimento, que regem a preposição a (ir, chegar, dirigir-se, levar…).

19. Por causa de x por causa que: O correto é dizer sempre por causa de, que significa ‘por motivo de, devido a, em consequência de’. Por causa que é vetada pelos gramáticos.

20. Por que x porque x por quê x porquê: Por que pode ser usado em três situações: para introduzir uma pergunta, quando a palavra ‘motivo’ está subentendida ou quando equivale a pelo qual, pela qual, pelos quais e pelas quais. Porque introduz as ideias de causa e explicação, equivalendo a ‘pois, uma vez que, já que’. Por quê, separado e com acento, é usado no fim de frases, concluindo uma pergunta. Porquê, junto e acentuado, é aplicado quando substantivo, como sinônimo de ‘causa, motivo, razão’.

21. Preeminente x proeminente: Preeminente significa ‘superior, eminente, que se distingue’, já proeminente significa ‘que tem protuberância, saliente, que se eleva acima do que está em volta’.

22. Seção x sessão x cessão: Seção equivale a ‘divisão, segmento parte de um todo’. Sessão é o tempo que dura uma reunião, uma assembleia, um trabalho ou espetáculo. Já cessão é ato ou efeito de ceder algo em favor de outrem.

23. Se não x senão: Se não, separado, equivale a ‘caso não, quando não’.Senão, junto, significa ‘caso contrário, a não ser, mas’, podendo significar também ‘defeito, falha’.

24. Sob x sobre: Sob significa ‘debaixo de’ e transmite a ideia de posição inferior. Por sua vez, sobre exprime a ideia geral de ‘em cima de’, e pode significar também ‘a respeito de’.

25. Tacha x taxa: Tacha é um pequeno prego de cabeça larga e chata, enquanto taxa refere-se a ‘tributo, tarifa, valor cobrado por um serviço’.

Encontrei essas dicas no blog da Catho e resolvi compartilhar com vocês para que nunca mais errem essas palavras que parecem tanto mas que significam algo tão diferente.

Ah! Não esquece de compartilhar com aquele seu amigo que vive errando na hora de escrever várias dessas palavras!

Beijos,
Até a próxima dica de redação!

-Aninha Carvalho

Siga o Diário da Aninha Carvalho nas redes sociais: Twitter Aninha & Twitter Diário | Instagram | Facebook | Pinterest – SNAP: aniinhac18

8 Responses
  • Alfredo carvalho
    abril 1, 2016

    poderia ter incluído:
    ratificar = confirmar autenticamente, validar, corroborar;
    retificar = corrigir, alinhar, tornar exato;

  • William Vieira Pacot
    abril 2, 2016

    PARABÉNS PELA DICAS DE REDAÇÃO, MUITO OPORTUNO PARA QUEM VAI PRESTAR CONCURSO PÚBLICO COMO EU. AGRADEÇO MUITO E CONTINUE PUBLICANDO SEMPRE QUE POSSÍVEL.ABRAÇO.

    • Ana Clara Carvalho
      abril 3, 2016

      Olá, William, que bom que curtiu o conteúdo que encontrei no site da Catho. Sempre que achar mais conteúdos assim vou postar para vocês! Obrigada!

  • joel
    abril 3, 2016

    Muito legal!!

  • Pretty s2
    abril 12, 2016

    Ótimas dicas. Tem coisa que por mais que eu estude eu sempre tenho dúvida, tipo nos pq’.

    • Ana Clara Carvalho
      abril 14, 2016

      Ownnnnnnn que linda aqui no blog!
      Que bom que curtiu! Ótima dica, vou separar um post só sobre isso!
      Tenho várias dúvidas sobre isso também, beijos! ????

What do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *