18 coisas que aprendi com a minha HostFamily no Canadá

by

É a minha primeira vez fora do país e, principalmente, morando tanto tempo na casa de uma outra família. Estou em uma HostFamily que vive em Richmond, uma cidade próxima de Vancouver, onde estou estudando. Estou adorando a experiência de entrar na rotina canadense, comer as comidas que eles costumam comer e até usar os mesmos transportes públicos que eles. Além disso, conversamos muito com a nossa família daqui, eles nos dão vários conselhos e dicas tanto para a vida tanto sobre como conviver bem os canadenses.

Em nosso segundo vídeo, que mostrei como ir para a escola, mostrei como é a nossa casa por aqui (Linda!) Dá para ver apertando o play no vídeo abaixo:

Dicas da Hostfamily sobre viver no Canadá

1. Compre menos e viva mais experiências. É melhor gastar dinheiro com algo que possa te trazer boas recordações do que com algo que perde o valor ao longo dos anos. Vale mais pagar por um passeio, uma experiência, do que por uma roupa, por exemplo.

2. Quando você faz intercâmbio com um namorado você aumenta a sua confiança nessa pessoa, porque são vocês dois ali, juntos, vivendo uma experiência diferente. Precisam confiar cegamente um no outro porque não tem escolha. Isso faz com que o relacionamento se fortaleça.

3. Se você for educado com alguém, essa pessoa será com você. Então, tente ao máximo dizer as três principais expressões: “I am sorry”, “Excuse me” e “Thank you”.

4. Ser tímido não te ajuda em nada na vida.

5. Se quer conhecer um restaurante com uma comida de outra cultura, convide um amigo de lá para te mostrar o que é melhor. É como se você fosse a um restaurante no Brasil e tivessem diferentes opções de comida tais como feijoada e dobradinha. A maioria pediria feijoada, talvez você também. Mas alguém de fora poderia pedir a dobradinha e não ser uma boa escolha, isso porque não teve uma indicação do que seria melhor.

6. Se você não está satisfeito com alguma coisa ou precisa de algo, diga. A outra pessoa nunca saberá se você não disser nada.

7. Tente entender como é a cultura do lugar para onde você vai.

8. Se fizer algo errado, não tem como desfazer. Mas pode aprender cada vez mais a como ser melhor.

9. A única coisa que eu realmente vou levar para casa são as memórias, as recordações e os momentos mais marcantes. Então se divirta e não faça do seu relacionamento um fardo.

10. Imagine que morar em uma HostFamily é como morar em uma casa com uma família. Então, precisam conversar um com o outro. Não pense que isso se trata apenas de dinheiro (pode ser que para algumas famílias seja, mas não todas). Por isso, aproveite o tempo em que estiver dentro de uma casa de família para conversar com eles, entender seu dia-a-dia, praticar seu inglês e pedir dicas do que conhecer pela cidade.

Para levar para a vida

11. A vida se resume a duas coisas. Primeiro as suas relações com as pessoas, sejam elas da sua família, amigos ou seu parceiro. Já a segunda se resume às suas escolhas, sejam elas boas ou ruins.

Se você tem uma relação ruim com alguém, você rompe essa relação. Se não acontece isso, você continua. São decisões que você deve fazer ao longo da sua vida e viver com as consequências delas.

12. “Happy wife, happy life” é uma frase que significa que quando a sua esposa está feliz, você tem uma vida feliz. Então, faça quem está com você feliz e será também.

13. Ao longo da vida nós passamos por situações que podem nos magoar muito e nos trazer momentos ruins e de tristeza. Mas, precisamos aprender algo com isso e fazer diferente ao longo da vida.

14. Pense muito antes de dizer algo que possa magoar alguém, mesmo que seja uma criança, um adulto ou um idoso. Magoar sentimentos é algo mais dolorido do que ferir alguém fisicamente. Exatamente como na canção “joelho ralado dói bem menos que um coração partido”.

15. Não deixe que o medo de errar te impeça de fazer algo que você realmente gosta.

16. Se você quer comprar algo (principalmente um celular, tablet ou computador) guarde dinheiro para comprar o melhor deles. Comprar o que já lançou há um tempo pode parecer melhor pelo preço, mas pode não ser tão bom a longo prazo. Isso porque tudo fica obsoleto muito rápido.

17. Conselhos são bons, mas você precisa fazer as suas próprias escolhas em cima deles. Se os seus pais não gostam do seu atual relacionamento com alguém, por exemplo, e você acredita que aquela pessoa realmente te ama, em quem você deve acreditar? Vale lembrar que as escolhas ao longo da vida devem ser boas para você, não para fazer outras pessoas felizes e deixar a sua felicidade de lado.

18. Na vida cometemos muitos erros, notamos quando poderíamos ter feito algo diferente tarde demais. Mas não vale a pena ficar se remoendo, apenas mude o agora.

Espero que você tenha curtido as dicas para levar para a vida e para a vida de estudante por aqui (e, claro, em qualquer lugar do mundo) que aprendi nas conversas com minha hostfamily. Mande nos comentários se você tem alguma dúvida sobre como é morar em uma HostFamily, vou adorar compartilhar tudo com você.

Mas, claro, tem um porém, a experiência que você pode ter com uma família fora é única. Pode ser que a minha experiência seja mágica e a sua nem tanto. Então, isso é bem complicado de falar, mas posso contar sobre como está sendo a minha por aqui.

Até o próximo post,

Beijos!
-Aninha Carvalho

 

(Este conteúdo será atualizado continuamente enquanto estiver morando com uma hostfamily no Canadá).

No Comments Yet.

What do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *