Como são as minhas aulas de inglês no intercâmbio para o Canadá

by

Primeiro dia de aula é sempre o que nos traz mais ansiedade. Aqui no Canadá não foi diferente. Eu estava louca para conhecer minha escola, meus colegas de classe, pegar meu livro e, claro conhecer meu professor. Mas depois de um mês aqui já estava na hora de compartilhar como são as aulas no intercâmbio e dar dicas para vocês.

Estou fazendo intercâmbio junto com meu namorado, mas eu e ele não temos um inglês no mesmo nível. Por isso, eu e o Daniel não estamos na mesma sala e nem no mesmo prédio da nossa escola de idiomas, a ILAC. Isso aconteceu porque ele possui um inglês muito mais avançado que o meu.

Fiz um vídeo mostrando meu trajeto para a escola, assim você consegue conhecer um pouco o meio de transporte daqui. Aperte o play!

Teste para saber o seu nível de inglês

Fizemos um teste para ver o nosso nível um dia antes das aulas começarem. Foram apenas dois testes: um de multipla escolha e outro para escrever um texto.

Eram temas simples para escrever o texto, tais como contar sobre o melhor dia da sua vida ou descrever a viagem que fizemos até chegarmos ao Canadá. Mas, com certeza, as provas devem ser diferentes para cada nova turma de estudantes.

primeiro dia de aula Vancouver canada aula no intercâmbio

Neste teste eu fiquei no nível 8, enquanto o Daniel ficou no 14. Nossas salas acabaram sendo em outros prédios, justamente por causa disso. Mas não tem tanto problema nisso porque dessa forma conseguimos interagir e conhecer outros estudantes da escola também. E nem é tão distante assim, são apenas 10 minutos de caminhada.

No primeiro dia de aula até almoçamos juntos. Mas não sei se faremos isso todos os dias porque são apenas 45 minutos de intervalo na hora do almoço.

Minha sala de aula no intercâmbio

Na minha sala tem 3 brasileiros contando comigo. Os outros alunos são chineses, koreanos e japoneses. Sério, tem muitos deles por aqui,  não só no curso de inglês, mas pelas ruas também. E, claro, de outras partes do mundo, porque o Canadá é um país multicultural.

Mas, claro, a turma se transforma muito ao longo das semanas, já que outros alunos vão formando e outros vão entrando. Então, é bem rotativo.

As atividades que fizemos no primeiro dia variaram entre conversas em grupo, com o professor e exercício. Fizemos até ditado em sala, isso porque o professor pegou um dos textos do livro e ditou pra gente em sala.

Uma das atividades que eu mais gosto de fazer é quando o professor traz uma folha com a letra de uma música, mas faltando algumas palavras. Aí precisamos descobrir quais são escutando a música umas duas vezes.

Temos também muitos exercícios em grupo. Escrevemos e depois apresentamos para a turma em sala.

No intervalo entre as duas primeiras aulas até distribuem maçãs para os alunos. Para pegar a sua, basta ir até a recepção que terá uma cestinha com maçãs por lá. Mas corra, porque elas acabam bem rápido.

Aula de ingles aula no intercâmbio

Essa foi a sala de aula com a vista mais incrível que encontrei e tive que tirar a foto para vocês. O Daniel estudou nela na última semana de dezembro

Aula eletiva no intercâmbio

Além das aulas diárias, temos aulas complementares. Eu escolhi de listening & speaking e será até em um outro prédio. Essas aulas complementares acontecem na terça-feira e na quinta.

Eu assisti poucas aulas de Listening & Speaking, porque eu não gostei muito da metodologia. A ideia era fazer você conversar com outras pessoas, mas não tinha muita interferência do professor, sabe? Ninguém me falava como eu deveria falar para me expressar melhor.

Com isso, achei mais interessante mudar de turma, isso porque uma conversa qualquer eu posso ter com o pessoal da minha família aqui. E eles ainda terão um inglês melhor do que o de outros alunos que acabaram de entrar (como eu até, por exemplo).

Por isso, acabei trocando de turma para Grammar. Como a minha maior dificuldade é formas frases corretas e me expressar, acredito que essa tenha sido uma boa escolha.

Quando escolhemos o curso, optei pelo General English de 30 aulas por semana. Mas existe o Power que são 38 aulas. Alguns alunos da minha turma fazem esse. Isso significa que a sua aula acabará um pouco mais tarde. O normal é que acabe 14 horas da tarde, mas no power você terá uma aula a mais.

O Daniel não está no General English, ele optou por fazer um curso voltado para a prova do IELTS. Então, o livro é diferente, as provas quinzenais são outras e a dinâmica da aula é complemente diferente também.

Depois que mudei para o horário da tarde, eu acabei tendo mais aulas de Listening, e estou gostando mais. Isso porque a sua experiência com a aula depende muito do professor que voce terá. Então, não dá muito para saber como será. E também tenho agora aula de Vocabulário.

Contei sobre minha nova rotina na parte da tarde no vídeo abaixo:

Livros de segunda mão

Eu não pensei muito antes de comprar um livro novo na escola. Mas se você quiser gastar menos com o material, precisa pensar. Eu paguei $60 pelo meu livro. Se formos converter, saiu mais de 120 reais. Sendo que a cada mês mudamos de nível, então ficará bem caro.

Cada livro abrange 3 níveis. Por exemplo, o meu livro é o 4, então abrange os níveis 7, 8 e 9. No nível 10 já seria outro novo livro.

O ruim é que muitas pessoas fazem intercâmbios curtos, de 1 mês por exemplo. Assim, nem usam o livro todo.

A ideia aqui, se quiser economizar, é comprar o livro de outro aluno da escola. Vale perguntar ao seu professor como fazer isso. Com certeza ele poderá te ajudar nisso.

Mas como a ideia é facilitar a sua vida. Tem grupo de vendas de livros no Facebook, mas esse é da ILAC, se chama: ILAC – Sell books.

Outra opção é procurar o livro e fazer o download dele online. Eu encontrei o meu, hehe. Mas encontrei o livro do professor, então ele não possui aqueles exercícios que fazemos no Work book. Por isso, você precisa achar também a versão do Work book para professor.

Provas quinzenais

Tempinho que não faço prova, mas aqui no intercâmbio farei uma a cada 15 dias. Essa prova é dividida em três partes. Writing, em que você precisa redigir um texto em inglês.

Depois o listening, em que você tem uma prova totalmente falada. Eles colocam um audio para rodar, falando cada questão e com situações para você entender ouvindo e responder na prova.

E ainda tem a reading, que é igual uma prova normal de múltipla escolha, com texto e imagens e a última questão tem algumas frases para você completar. Essa é a prova até o nível 9, depois é um outro modelo.

Ao longo do mês são duas provas, e a segunda é um indicativo de mudança de nível. Dependendo do seu resultado, você muda de nível depois de quatro semanas.

A aula no intercâmbio é muito diferente de um curso de inglês no Brasil?

Acho que essa é uma dúvida que bate sempre na cabeça das pessoas. Eu já fiz curso de inglês no Brasil e o Daniel também. Ele fez durante 8 anos e aqui (depois de fazer o segundo teste do mês) ele foi do 14, para o último nível de inglês do curso, o 17. Então o curso de inglês que ele fez no Brasil deu uma base perfeita para ele aprender.

Se for parar para pensar, os cursos de inglês no Brasil são de qualidade, a diferença mesmo está na quantidade de aulas diária. Já que possuímos apenas 2 horas semanais. E também no fato de estar em um país em que você é obrigado a conversar em inglês.

Mas, na minha opinião, as duas experiências são muito válidas.

Queria dar uma geral nas minhas primeiras impressões aqui sobre como é a aula no intercâmbio. Espero que tenha curtido.

Até o próximo post,

Beijos,
-Aninha Carvalho

4 Responses
  • Neusa de Andrade Gandra
    Janeiro 10, 2018

    Olá Aninha !
    Achei bem esclarecedoras as suas dicas sobre o intercâmbio no Canadá.
    Quero saber se lá existe intercâmbio para pessoas idosas ( tenho 62 anos )
    Bjos

    • Ana Clara Carvalho
      Janeiro 15, 2018

      Neusa, existe sim! Faz um super sucesso. Vale a pena procurar em agências de intercâmbio da sua cidade. Na minha eu ouvi falar disso, se chama World Study!

  • Katia lao
    Janeiro 10, 2018

    Olá, descobri seu blog por acaso, nem lembro o que estava pesquisando… Enfim, amei e na hora já me cadastrei para receber as novidades por email. Isso há algum tempo já. Quis deixar público aqui, que gostei bastante, vc escreve e se expressa muito bem, dá ótimas dicas, e é uma delícia ler suas aventuras e conquistas aí no Canadá. Abraços e sucesso.

    • Ana Clara Carvalho
      Janeiro 15, 2018

      Katia, que lindo, muito obrigada pelo apoio, fico muito feliz por você estar curtindo as postagens. Estou fazendo muitos vlogs no YouTube por aqui também, vai curtir bastante!

      Se quiser entender algo específico sobre o Canadá, não deixe de falar viu? Estou aqui para te informar e te ajudar com tudo. Até séries, que adoro conversar sobre.

      Mais uma vez, obrigada pelo apoio e pelo comentário! Deixou meu dia muito mais feliz!

What do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *