Papo de Garota: Devo esperar ou não ele voltar do intercâmbio?

by

Eu já passei por isso, eu já me perguntei várias vezes: será que espero ele voltar do intercâmbio? Esse é um texto desabafo em que conto o que aconteceu quando o meu ex namorado foi fazer intercâmbio. Tínhamos vários problemas relacionados a confiança, mentiras e ciúmes. Deu certo? Não. Resolvi desabafar e contar tudo o que aconteceu. Espero que o meu depoimento possa te ajudar a pensar se vale ou não esperar.

Lembre-se que o que aconteceu comigo pode estar longe de acontecer com você. Então, sempre se baseie na confiança existente no seu relacionamento para decidir. Essa é uma decisão muito importante. Um ano, dois, três, não são nada se comparados a uma vida inteira que podem ter juntos. Pense nisso e sempre dê um jeito de entender se vocês se amam e se curtem de verdade.

Lembre-se: é uma decisão importante e afeta não só a sua vida, mas a dele também. Se ele quer viajar ou você mesmo, pense e reflita sobre isso. Não deixe para a última hora.

distancia

Sim, a distância pode ser complicada. Pensar se aguentaria esperar ou não estando perto, parece fácil. “Claro que consigo esperar”, deve estar pensando. Mas, sinceramente, é uma resposta complexa. Precisa refletir mil vezes até decidir a resposta. Será que espero ele voltar do intercâmbio?

Espero ele voltar do intercâmbio?

Hoje me deu uma vontade de escrever sobre distância. Deve fazer mais de meses que não escrevo sobre isso aqui. Distância para mim não significa o mesmo que era há uns meses atrás, parece que de uns tempos para cá o mundo diminuiu de tamanho e distâncias pararam de ser as vilãs de todos os meus contos de fadas.

Dizem que quando seu amor vai fazer intercâmbio e terá meses ou até anos longe, o primeiro sentimento que lhe vem em mente é que aquilo talvez nunca venha acontecer de fato. Sempre chega com uma pitada de incerteza e, claro, de vontade que nunca aconteça esse tempo longe. Mas esse sentimento só irá finalmente ir embora quando você olhar para a pista do avião e vê-lo subir, levando quem você mais ama dentro dele.

Nada contra

Claro, não sou contra intercâmbios, distâncias, tempos longe. Nunca disse isso. Eu sou contra tudo que pode rolar nesse meio tempo, tudo pode acontecer em três meses, seis meses e quanto mais, em um ano. Hoje vi uma pessoa que eu gosto muito e que me ajudou bastante quando eu estava passando por um período de distância, e, que agora, a distância virá para ela, mesmo que em curtos seis meses. Eu sei que serão tempos difíceis, mas que com certeza serão facilmente superados da melhor forma.

Tipos de relacionamentos

A distância não irá afetar da pior maneira você apenas porque sabe que passará por dias difíceis, ela só afetará você, realmente, se o seu relacionamento for muito instável. Casais que realmente sabem o que estão fazendo e fazem da melhor forma, é impossível dizer se realmente dará certo, mas dar errado é um dos últimos itens da lista.

O que eu estou querendo dizer é que não importa se o seu amor irá passar um, dois, três anos fora, se o que sentem um pelo outro, somado a confiança e ao carinho forem incontáveis. Se o desejo de estar perto superar as brigas e se vocês viverem esse tempo como se estivessem um bem próximo ao outro. Foi isso que essa pessoa me disse quando eu mais precisei. Mas sabe quando tudo encaminha para dar errado e, finalmente, dá? Foi isso que aconteceu comigo.

O ciúme piora com a distância

Se você é daqueles bem ciumentos e que não aguenta ver seu namorado com qualquer outra garota por perto, e vise versa, será um período bem complicado. Eu achei que quando eu passasse por isso, mudaria, mas não. O ciúme foi acabando com tudo.

Se você acha que seu namorado irá passar tanto tempo assim sem conversar com alguma garota? Então, você está realmente muito enganada. Virão festas, viagens, passeios e tudo isso, pode ter certeza, que poderá ter uma amiga por perto.

Daquelas que ele jura não ter uma amizade nenhuma, mas que ao stalkeá-la você verá fotos abraçadas, com corações e mil outras declarações possíveis.

É assim que acontece e foi assim que aconteceu comigo. Não é o caso que possa acontecer no seu relacionamento, mas é algo que não está fora de cogitação.

Será que espero ele voltar do intercâmbio?

O maior conselho de todos que eu posso dar é que pense bem, reflita sobre o seu relacionamento. E só depois dê uma resposta à pergunta que estará sempre no ar quando nosso amor for realizar uma viagem de tanto tempo. Espero ele voltar do intercâmbio?

Se tiver dúvida, talvez seja melhor espera-lo retornar. Talvez você não aguente tanto tempo sem ele(a). E se você concordar com a tal frase clichê: “o amor tudo crê, tudo espera e tudo suporta”, lembre-se que apesar de ser difícil escolher por uma decisão dessas. Saiba que também existe o amor próprio que tudo crê, tudo supera e tudo conforta.

E isso vale para esperas e para soluções mais trágicas como o temido “dar um tempo”. Talvez não precise ter tanto medo assim na hora de decidir. Ouça seu coração e faça acontecer da melhor forma possível.

Eu ainda tenho medo de distâncias, mas sei que ainda ficarei um bom tempo sem tê-la por perto.
A

Já escrevi um texto também sobre mudar por amor. Sei que isso é um assunto delicado, mas é sempre bom ouvir várias opiniões de quem passou por essas situações para se decidir.

4 Responses

What do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *