Filme: XOXO e as realidades da vida contadas através de um festival

by

Essa dica de filme vai para quem adora curtir um festival de música. Ou até quem nunca consegue explicar os sentimentos que fluem dentro de um. Estou falando do filme original da Netflix chamado XOXO.

Esse trocadilho de letras já era bem comum desde Gossip Girl. A garota do blog despedia de seus leitores dessa forma. Agora, no filme ele representa o nome de um festival mais aguardado de todos, como “beijos e abraços”, se formos traduzir para português.

O filme conta a história de várias vertentes. Fala sobre o relacionamento a distância, sobre amadurecer e enfrentar seus medos. Fala sobre a carreira na música e como podem existir pessoas traiçoeiras prontas para atrapalhar seu estrelado.

Além disso, fala sobre a espera do amor verdadeiro e da banalidade dos relacionamentos atuais. Sem contar que a questão da droga também entra em cena. E até o poder de controle que os pais tentam ter sobre nós.

Ufa. Aposto que nem imaginou que um filme com o nome de XOXO poderia ter tanto conteúdo, não é? Mas o foco mesmo do filme é retratar a realidade dos festivais de música que atraem multidões pelo mundo, como na Tomorrowland, por exemplo, e assim exibir como é a sensação tanto para quem se apresenta num evento como esse, quanto para o público.

Como os relacionamentos a distância são tratados no filme XOXO

Shannie, interpretada por Hayley Kiyoko, e Ray, interpretado por Colin Woodell, namoram há alguns anos. A primeira cena deles é quando estão acordando juntos. O casal vive plena lua de mel que está prestes a acabar. E eles só possuem aquele dia para se despedirem. Escolheram justamente o festival XOXO para isso.

xoxo-filme-da-netflix

O único problema nisso tudo é que eles ainda não conversaram sobre o fato de terem que começar um relacionamento a distância. Sério. Isso dá muito trabalho e tem que pensar mil vezes antes de começar um. (Leia aqui e entenda um pouco melhor o que eu passei).

Mas, claro, cada caso é um caso. É preciso existir muita confiança e paciência para que dê certo. E a esperança é a última que morre nesses casos.

O problema nisso é que ela está evitando falar do assunto. Quando ele toca na ferida, a garota some e muda de assunto. Será que essa é a melhor forma de agir? Com certeza não, e isso só mostrou um enorme despreparo da parte dela. É preciso existir diálogo em um relacionamento. Se não nada funciona.

Eu entendi que o receio da garota era, realmente, ter que ficar longe e estava querendo fugir dessa conversa justamente por isso. Medo. Mas, mais que sentir medo, é preciso encara-lo em uma hora dessas e assim decidir tudo com mais clareza.

A carreira de DJ

Eu sou alucinada com essa carreira de DJ desde que vi o filme “Música, amigos e festa” com o Zac Efron (tem resenha dele aqui no blog). Neste filme a situação é um pouco diferente. Lá a trama é muito mais romântica e de criação. No XOXO tudo flui de uma maneira que é mais atual. O jovem Ethan Shaw, interpretado por Graham Phillips, é convidado para tocar no evento após bater mais de um milhão de visualizações em um vídeo com a sua primeira música.

Porém, a ambição de várias pessoas ali podem fazer com que os sonhos dele de sucesso na música sejam um fracasso.

xoxo-filme-da-netflix

Banalidade dos relacionamentos atuais

Os festivais de música talvez sejam um exemplo de locais em que ocorrem a tal banalidade dos relacionamentos atuais. Assim como nas raves, baladas e até nas festas mesmo. Tudo poderia ser muito mais romântico se as pessoas pensassem como Krystal. Mas a vida não é um conto de fadas, e às vezes começamos a compreender isso na pior hora possível.

Krystal, interpretada por Sarah Hyland, tem um encontro marcado na XOXO com o garoto que ela pensa ser o dos sonhos dela. No início eu comecei a imaginar que esse garoto fosse justamente o DJ que ia tocar no evento, mas era outro.

Quando ela se encontra com o que estava conversando percebe que ele só quer realmente “ficar”com ela. Não está apaixonado como ela imaginava. E isso parte o coração da garota que ficou, na maior parte da festa a procurando por ele.

O lado bom nisso tudo é que ela acaba conhecendo alguém muito mais legal 😉

A influência dos pais em nossas escolhas

Quando somos mais jovens imaginamos que depois dos 18 os pais nem vão mais influenciar em nossas escolhas. Mas nossas ideias vão por água abaixo, principalmente se você decidir continuar morando com eles. Querendo ou não, pais sempre se esquecem que crescemos.

O Dj Ethan tem um produtor que ainda trabalha com o pai e que dita as regras de como a vida dele deve ser. Me senti mal assistindo a cena dele conversando com o pai. Ele pedia para ir ao evento e o pai tratou aquela tentativa de mudar de vida do filho com descrença desprezo. Às vezes a única coisa que desejamos é um pouco de incentivo. Mas ele, pelo visto, se perdeu no caminho.

E, ai, já assistiram ao filme XOXO da Netflix? Mandem o que acharam nos comentários!

Beijos,
-Aninha Carvalho

Siga o Diário da Aninha Carvalho nas redes sociais: Twitter Aninha & Twitter Diário | InstagramFacebook | Pinterest – SNAP: aniinhac18 – YouTube

2 Responses
  • Evelyn Marques
    março 7, 2017

    QUE RESENHA!

    Quase arrisquei assistir esse filme dia desses, procurei uma boa sinopse no Google e ainda não tinha encontrado, muito obrigada por essa sinopse tão bem detalhada!
    Vou incluir o filme na listinha dessa semana 🙂

    Beijos.

What do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *