Os anos 80 e 90 voltaram: vamos aproveitar o que teve de melhor nessas décadas!

by

Não posso falar que sinto falta dos anos 80, porque não era sequer nascida. Também não tenho como dizer que sinto falta dos anos 1990, porque eu era muito nova. Mas preciso admitir que algumas coisas dessas épocas voltaram e vieram para ficar.

A moda é o primeiro grande exemplo. Ela já trouxe as pantalonas e calças bocas de sino dos anos 1970, as plataformas e meias coloridas aparentes nos anos 80 e, agora, os exageros em tamanhos, padrões e cores dos anos 1990. Mas, claro, tudo repaginado para que o retrô se mantenha cool e se apresente moderno para nós.

As roupas são incríveis e confortáveis, à exceção das ombreiras e dos penteados com mullets que estes, espero, nunca voltem! O resto pode retornar… Inclusive os rímeis para cabelo voltaram. Aqueles que eram como uma maquiagem, você aplicava no cabelo com a cor escolhida e saía para as festas. No dia seguinte, tudo voltava a ser como antes, porque saíam com água e você não precisava se preocupar com as luzes que poderiam ter saído erradas. Era engraçado, mas era prático e divertido também.

Ser vintage é a onda do momento!

Essa febre, que começou com a volta do termo vintage, também é uma estratégia da indústria do entretenimento. Nela, o veículo principal é o cinema. Os filmes e séries que dominam nossas mentes, trazem de volta um passado animado, um pouco mais inocente e mágico, onde ninguém tinha celular, mas aquele que carregasse um Game Boy tinha tudo o que precisava para se destacar na multidão. Stranger Things trouxe com força o retorno deste clima para nós – assim como Everything Sucks tenta fazer com os anos 1990. A própria trilogia De Volta Para o Futuro virou um clássico obrigatório para a vida, com a mesma importância de Star Wars. Amo todos e são um dos motivos que me fazem querer ter participado dessas gerações.

anos 90 jovem jogando videogame

Foto por Kelly Sikkema no Unsplash

Jogos que moldaram quem somos hoje

O outro motivo é, sem sombra de dúvidas, os videogames. Meu irmão demorou a ter um Game Boy, mas tinha um Nintendo (NES). Não era um videogame portátil, mas ela tinha o cartucho do Super Mario Bros – aliás, acho que tem até hoje – e me deixava jogar um pouquinho.

Mario era uma febre nos anos 80 e nos 90. E, convenhamos: até hoje encanta qualquer pessoa que comece a jogar. A história do encanador que percorre mundos mágicos e subterrâneos, luta contra bichos com pulos e come cogumelos que lhe garantem sobrevidas é uma saga deliciosa.

Hoje, o jogo tem outras tantas versões tão boas quanto a primeira. Como Super Mario, outros jogos também viraram febre. Eles foram capazes de mudar o comportamento das crianças de então. Além de ajudar a formar os jogadores de hoje e foram pioneiros no desenvolvimento do design de games.

Da mesma forma mantém seus clássicos e evolui, os consoles foram trazidos de volta, repaginados, com HDs dentro dos aparelhos comportando uma infinidade de jogos clássicos e novos. Então, não é preciso correr atrás das fitas dos amigos ou ir às finadas videolocadoras.

Já que não podemos voltar no tempo para viver épocas passadas e vamos aproveitar essa onda e pegar o melhor das gerações anteriores. Isso porque, mesmo que quiséssemos muito, De Volta Para o Futuro ainda é ficção.

Os filmes e séries já estão aí, o que falta agora é tempo para assistir todos e encontrar um amigo que tenha os videogames velhos para treinar as habilidades. E, é claro, o inverno está chegando para usarmos aqueles moletons gigantes do tempo da escola. Vale até colocar aquelas calças jeans folgadinhas e tênis branco. Mas, por favor, não tragam as ombreiras de volta!

Foto de capa por Jordan Bauer no Unsplash

8 Responses
  • Jô Silva
    Abril 11, 2018

    Top!!

  • Heloisa
    Abril 12, 2018

    Pena, Aninha, que você só errou um pouco com relação à moda da vestimenta: as roupas muito folgadas e coloridas são dos anos 80, não 90. Eu fui criança nessa década, mas, me lembro muito bem. Agora, tem uma coisa ainda pior do que as ombreiras: os penteados! (Rsrs…) Deus me livre! Eu vivi a época, mas, já desde essa época eu odiava os penteados femininos. Achava mais bonitos os penteados femininos dos anos 70: cabelos compridos ao natural: sem cortes, sem franjas, (eu sei porque eu via em alguns filmes e seriados dessa década, rsrs…)

    • Ana Clara Carvalho
      Abril 17, 2018

      Obrigada, Heloisa, vou arrumar no conteúdo! O que eu acho mais incrível e marcante de cada época são os penteados. Mas não dá para repetir tudo né, amém!

  • Alexandre 80
    Abril 12, 2018

    Anos 80! Década de muita luta social e política. Quebra de paradigmas e inquietude cultural e sexual! A moda era ser humano ao extremo. O que se usava? Era o que se queria usar!
    Viva a Década Perdida!

    • Ana Clara Carvalho
      Abril 17, 2018

      Não estive nessa época, mas tenho certeza que adoraria tudo isso que me falou!

  • Kurth
    Abril 16, 2018

    Eu vivi essa época, sinto uma saudade enorme principalmente, com tranquilidade que as informações chegavam, hoje vivemos de forma frenética, o acumulo de noticias nos proporciona um sentimento de que tudo anda muito rápido…

    • Ana Clara Carvalho
      Abril 17, 2018

      Nem me fale. Falta tempo de pensarmos sozinhos sem ficar com uma tela de celular sempre na frente. Parece que sempre estamos atrasados com tudo, que a vida está passando pelas nossas mãos. Sentimento muito difícil de explicar!

What do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »