Passeio no Stanley Park e no Aquário de Vancouver – Canadá

by

O Stanley Park é simplesmente enorme. Eu e o Daniel não conseguimos conhecer tudo em apenas uma visita. O lado bom é que o parque é bem perto de Downtown Vancouver, então, poderemos visitar mais algumas vezes.

Logo quando chegamos a Vancouver, a nossa Host Family nos levou para passear e um dos lugares era justamente dentro do Stanley Park. Mas uma área em que você consegue chegar de carro, sem precisar caminhar por todo o parque. O nome dessa parte é Prospect Point. Tem uma vista incrível e a minha primera foto no intercâmbio por lá.

Caminhando pelo Stanley Park

No primeiro dia em que fomos passamos sempre pela parte próxima à orla. Algumas partes pareciam e tinham o cheiro de praia, juro. Mas eram mesmo. O ruim é que neste dia estava um pouco nublado, então, não conseguimos ver a paisagem perfeitamente.

Fomos na parte em que estão os Totens. Cada um tem um significado diferente. Só para você ter uma ideia, no primeiro deles, cada parte do totem representa alguém da família de uma mulher. Esses totens normalmente ficavam na frente das casas.

Próximo aos Totens tem uma loja. Lá encontramos souvenirs que imitam justamente esses totens e muitas outras coisas relativas às pessoas que habitavam lá.

E, para completar esse passeio congelante, pegamos um Café com o nome de Coffee Mocha, ele é com chocolate! Recomendo! Vende em outras cafeterias pela cidade também.

Aquário dentro do Stanley Park

Depois disso, fomos direto para o Aquário e ficamos por lá até o anoitecer. Não que isso seja grande coisa, já que durante o outono e inverno por aqui, a noite começa pouco depois das 16 horas da tarde. Sim, cedo demais!

O passeio dentro do Aquário custa $39. Mas para estudantes é $30. Por aqui não existe aquela meia entrada igual temos no Brasil. No aquário, por exemplo, é apenas um desconto de $9 no preço. O passeio dura em média 3 horas, isso para você conhecer tudo. Como faltavam apenas 2 horas para fechar quando fomos, nos deram um passe para voltarmos no outro dia e continuar a visita.

No tempo em que ficamos no aquário vimos tartarugas, peixes, tubarões, castores, estrelas do mar e até um show de golfinho. Simplesmente vale demais os $30 que pagamos para entrar. O aquário é dividido por área, então os animais que vivem em determinada região ou com climas semelhantes são colocados na mesma sala.

Além disso, todo o aquário é personalizado e possui informações sobre os animais que estão em cada tanque. Muitas vezes eles não estão muito visíveis, então o jeito é olhar na plaquinha e brincar de encontrá-los.

Passeio no Aquário

No domingo também voltamos ao aquário para continuar a visita. Só que tentamos ao máximo passar por lugares que ainda não tínhamos passado. Por isso, dessa vez fomos assistir a apresentação dos castores, leões marinhos e pinguins. Veja como foi esse segundo dia de passeios no vídeo abaixo:

Dentro do aquário também tem um cinema 4D. Diferente do 3D em que apenas as imagens parecem estar mais próximas, no 4D você participa das cenas. Se há água, neve, bolinhas de salão ou socos nas cenas, você, de alguma forma, sentirá tudo isso também. Tanto que quando você entra para a sessão segurando uma câmera, eles te avisam que ela poderá molhar.

Eu poderia jurar que seria passado um filme sobre algum animal. Mas não. Como estamos próximos do Natal, tudo é sobre ele e sempre com uma pegada mais infantil. Eu curti, mesmo assim. Isso porque os efeitos do 4D deixam tudo mais divertido.

Dessa vez saímos às 15 horas e conseguimos sair do parque com ele ainda claro. Pegamos um ônibus bem próximo de lá. O número do ônibus é 19. Ele nos deixou na parte central de Vancouver, em Downtown.

Depois disso fomos passear em um Outlet em Richmond. Mas aí já virou papo para outro post.

Até o próximo!

Beijos,
Aninha Carvalho

 

 

Ah! Não se esqueça de acompanhar todo o intercâmbio pelo Instagram do blog e pelo Canal do YouTube, hein?

No Comments Yet.

What do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *